Simplesmente Fedora precisa de sua ajuda para permanecer nas redes sociais e conta com você!

Simplesmente Fedora é um blog cristão, brasileiro, conservador, anticomunista, apartidário, sem patrão, sem patrocínio. Utiliza plataforma e ferramentas gratuitas, mas precisa de telefonia e internet, que são pagas. Obrigada por sua doação!

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Bolsonaro disse NÃO para Temer*

Por Ana Mônica Jaremenko*

Nesse 02 ago. 2017, após quase um ano do impeachment da ex-Presidente Dilma Rousseff, a Câmara dos Deputados está mais uma vez votando a possibilidade ou não de um impeachment, desta vez de seu sucessor, Michel Temer. O Deputado Federal Jair Messias Bolsonaro (PSC/RJ) votou pela admissibilidade do processo contra Temer. Se o NÃO tivesse prosperado nessa situação, logo, logo teríamos a terrível possibilidade de ver PT et Caterva novamente no Planalto.

Na melhor das hipóteses e cheio de "boas intenções", Bolsonaro não pensou nas consequências de seu voto, levando em consideração apenas o juízo de valor em relação à denúncia contra Temer. Mas, como diz o ditado popular, "de boas intenções, o inferno está cheio". Ao declarar seu voto, Bolsonaro disse que "para ser uma nação decente, o Brasil precisa de um Presidente honesto, cristão e patriota". Concordo com ele até aqui. Ponto.

Ao justificar seu voto, ele argumenta que temos que "mudar até acertar". Ora, Bolsonaro, o momento da mudança já está marcado - Eleições 2018! Tudo que for antes disso, sem o fundamento constitucional, é GOLPE! Pensei que você pensava assim também. O SIM não livra Temer do devido processo legal. Terminado seu mandato, em 2019 ele será julgado pelos atos que lhe forem justamente atribuídos.


Me preocupa a leitura nas entrelinhas que faço desse voto de Bolsonaro. Tenho a impressão de que ele tem aprendido uma lição muito bem, tem sido um excelente aluno de Marketing Político. Tem lidado bem com as câmeras e com os microfones, e melhorado sua eloquência. Contudo, parece que está aderindo ao hipócrita "politicamente correto", buscando a aprovação das "massas", que, segundo Percival Puggina, é "inimiga da democracia". Tem tentado também fazer com que a "media bias" se converta à sua candidatura. Pura ilusão, isso não vai acontecer, a "media bias" está fechada com a agenda comunista.

Bolsonaro também disse que "não existe salvador da pátria" e concordo com ele nisso também. Enquanto não surge outro candidato que me convença, Bolsonaro continua sendo minha opção para 2018, apesar de algumas decisões, no mínimo, equivocadas e esse NÃO foi uma delas. Agora, se surgir um candidato realmente CONSERVADOR, eu mudo meu voto sem pestanejar. E acho que muita gente fará o mesmo.

Ratifico o que o próprio Bolsonaro disse: "o Brasil precisa de um Presidente honesto, cristão e patriota". Sim, o Brasil precisa de cidadãos que realmente amem o Brasil e não seus próprios egos e projetos pessoais de poder.

* Eu sou Ana Mônica Jaremenko, escritora (poeta e cronista), ativista política, blogueira, gestora de mídias sociais e corretora de imóveis. Administradora, dentre outros, do blog Simplesmente FedoraFedora é meu heterônimo para assuntos políticos.

Graça e paz!

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Veredas antigas, o bom caminho e o conservadorismo na política*

Por Ana Mônica Jaremenko*

Já há alguns dias, tenho sido lembrada pelo Espírito Santo do que está escrito em Jeremias 06:16-18. Também me veio à memória o eu ter participado, no final dos anos 90 (não me lembro bem da data exata), de um seminário da FFI - Family Foundations International sobre Família e Veredas Antigas. Foi uma das melhores coisas que fiz em minha vida.

Faço aqui um paralelo entre as "veredas antigas" citadas nessa passagem bíblica com o conservadorismo. Para mim, na política, o conservadorismo se equipara ao "bom caminho", o caminho seguro e próspero.

Nessa passagem, o Senhor alerta ao povo, através do Profeta, para que parem de caminhar na direção que estavam indo, que modifiquem a direção e voltem para o caminho seguro. Mas, o povo se rebela, diz não, faz ouvidos moucos, ignora o conselho divino.

Na passagem bíblica, a Palavra é dirigida a TODAS as nações. E, como Palavra de Deus, ela é e está viva e é válida para os dias atuais. E as consequências de não ouvi-la e obedecê-la são desastrosas para o povo, tanto naquela época como hoje.

Um exemplo disso é o que está acontecendo na️ Venezuela. O povo escolheu o bolivarianismo e o chavismo. Infelizmente, estão colhendo os frutos do que plantaram. Hoje, temos que nos unir em orações e em ações ao povo venezuelano que não suporta mais tanta opressão por parte de seus (des)governantes.

Alguns tentam implantar definitivamente o comunismo no ️Brasil e no resto da América Latina. NÃO PODEMOS DEIXAR QUE ISSO ACONTEÇA! Estão tentando concretizar um sonho (pesadelo) deles, de ver criada a URSAL - União das Repúblicas Socialistas da América Latina, assim como houve um dia a URSS - União das Repúblicas Socialistas Soviéticas. Esse é um PERIGO IMINENTE! Temos que nos colocar em alerta constante.

Não podemos "brincar" de política ou sermos levianos e negligentes com relação a este assunto. Não podemos usar das redes sociais somente para "desopilar o fígado" ou para fazermos comentários jocosos ou deseducados, deselegantes, com o argumento de que se a pessoa está nas redes sociais, então tem que se sujeitar aos maus tratos. Temos que ter mais responsabilidade com nossas vidas, nossas famílias, com o presente e futuro das nações, enquanto Jesus não volta.

Estou fazendo o que está ao meu alcance. Tenho me empenhado em falar a verdade, em informar corretamente e em ensinar o que é: política, conservadorismo, socialismo, comunismo, direita, esquerda, e por aí vai. E conclamo a todos a abraçarem esta causa.

Criei o blog Simplemente Fedora e a Biblioteca Sobre Conservadorismo para serem fontes de informação segura, para que as pessoas não tenham a desculpa de dizer que "não sabiam" ou que "não entendiam".

Voltar às veredas antigas significa voltar para Deus, para a Palavra de Deus, para os princípios éticos e morais cristãos, para a família, para as boas práticas de convivência social com verdade e sem o hipócrita "politicamente correto", para as boas práticas políticas e econômicas.

Tenho poucos amigos e seguidores nas redes sociais. E os que tenho, a maioria solicitou amizade. Com poucos eu tomei a iniciativa porque vi que valia a pena que participassem de meu rol de amigos. Normalmente, não excluo ninguém nem rejeito solicitação, exceto se eu desconfiar que seja um "infiltrado" comunista.

Não nutro a ilusão de que minhas ações surtam efeito a longo ou médio prazo, mas alimento a esperança de que, um dia, muitos estejam a trilhar por esse bom caminho.
"Assim diz o SENHOR: Ponde-vos à margem no caminho e vede, perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho; andai por ele e achareis descanso para a vossa alma; mas eles dizem: Não andaremos. Também pus atalaias sobre vós, dizendo: Estai atentos ao som da trombeta; mas eles dizem: Não escutaremos. Portanto, ouvi, ó nações, e informa-te, ó congregação, do que se fará entre eles! Ouve tu, ó terra! Eis que eu trarei mal sobre este povo, o próprio fruto dos seus pensamentos; porque não estão atentos às minhas palavras e rejeitam a minha lei."
* Eu sou Ana Mônica Jaremenko, escritora (poeta e cronista), ativista política, blogueira, gestora de mídias sociais e corretora de imóveis. Administradora, dentre outros, do blog Simplesmente FedoraFedora é meu heterônimo para assuntos políticos.

Graça e paz!

Eu Apoio as 10 Medidas Contra a Corrupção!

Eu Apoio as 10 Medidas Contra a Corrupção!
Clique AQUI e saiba mais.

Se desaparecem em "Para Reflexão", reaparecem AQUI! Se o link muda, também!